Um espaço de aprendizagem

Pangênero

Bandeira pangênero

Bandeira pangênero

Pessoas pangênero podem ser:

  • Pessoas que possuem muitos gêneros, de uma vez só ou não;
  • Pessoas que são de todos os gêneros possíveis dentro de sua cultura/experiência de vida;
  • Pessoas que possuem infinitos gêneros dentro de sua própria cultura/experiência de vida;
  • Pessoas cujos gêneros vão além dos gêneros conhecidos, sendo que estes gêneros desconhecidos ainda estão dentro de sua cultura/experiência de vida;
  • Alguém que possui gêneros conhecidos e desconhecidos, sendo que, novamente, estes gêneros desconhecidos estão dentro de sua cultura/experiência de vida;
  • Alguém que sente que possui gêneros demais para a palavra poligênero ser adequada.

É importante deixar claro que pessoas pangênero geralmente descrevem uma experiência de gênero abstrata e/ou grandiosa, e, por isso, preferem pangênero a poligênero ou outros rótulos que só descrevem “vários gêneros”.

Não é possível ser de todos os gêneros, porque há gêneros que são apenas acessíveis para pessoas com certas experiências de vida. Uma pessoa não pode ser de um gênero de uma cultura com a qual não é familiarizada, pois não conhece as relações de gênero de tal cultura, e não vivenciou aquela cultura. Uma pessoa neurotípica não pode ter um neurogênero. E assim por diante.

Ou seja, mesmo que pan signifique todes, pessoas pangênero não possuem todos os gêneros, e nem dizem possuir todos os gêneros, na maior parte dos casos. Pessoas pangênero que dizem que possuem todos os gêneros não devem saber muito sobre gênero, aplicando o termo para si mesmas quando na verdade são bigênero, ambonec, ou poligênero.

O que é comum é pessoas que não são pangênero assumirem que pangênero significa ter todos os gêneros, e então espalham a informação, ou veem a informação e atacam a identidade pangênero por ser racista/capacitista/diadista/etc. por supostamente apropriar gêneros quando isso não é possível e nem está sendo feito (na maior parte dos casos).

Também é importante notar que, em lugares onde a identidade pangênero não está definida como uma das definições no início da página, ou como alguém com todos os gêneros, muitas vezes a definição de pangênero é algo como “ter um gênero misto”, “não se identificar com um gênero estático”, “ser algo além de homem e mulher”, “ter uma apresentação que flui entre masculina e feminina”. Porém, estas definições caíram em desuso, ao menos pela maior parte, possivelmente por haverem identidades que expressam isso mais claramente atualmente.

Pessoas também podem ser panfluidas: isso significa que seu gênero é fluido entre pangênero e agênero.

Existem menções à identidade pangênero desde o fim da década de 90, pelo menos. Porém, não sabemos quando ela passou a ser categorizada mais em relação a muitos gêneros do que em relação aos gêneros binários.

A bandeira pangênero foi feita por Cari Rez Lobo, e foi postada no blog Pangendering em 28 de janeiro de 2015. Ela é baseada na bandeira agênero.

Pangênero em inglês é pangender. Panfluide em inglês é panfluid.


Links adicionais:

Pular para a barra de ferramentas