Um espaço de aprendizagem

Neutrois

Bandeira neutrois

Bandeira neutrois

Neutrois (pronuncia-se nu-trruá, ne-trruá ou niu-trruá) é uma identidade que possui vários significados. O significado mais comum utilizado atualmente é gênero neutro: isto é, um gênero que não é masculino ou feminino, ou a mistura entre os dois, mas que também não é inexistente, e que é apenas caracterizado por neutralidade.

Ao invés de ter um gênero neutro, uma pessoa neutrois pode:

  • Não ter gênero;
  • Definir seu gênero como nulo;
  • Ter um gênero que não é nem o masculino, nem o feminino.

Qualquer que seja a definição utilizada, neutrois podem:

  • Se identificar como transfeminines, transneutres ou transmasculines, caso se identifiquem com alguma destas descrições;
  • Usar para si o pronome ele e/ou o pronome ela;
  • Ter aparência estereotipicamente feminina ou masculina, sem tentar deixá-la mais “neutra”;
  • Querer terapia hormonal e/ou cirurgias para deixar seus corpos mais neutros, femininos, ou masculinos, de acordo com o que consideram ser neutro, feminino, ou masculino;
  • Não querer terapia hormonal ou cirurgias.

A palavra neutrois foi criada em 1995 por H. A. Burnham. Originalmente, a definição de neutrois era a de alguém sem gênero que gostaria de perder as características físicas associadas com o gênero atribuído à pessoa.

A primeira instância que achamos da bandeira neutrois foi de 2014, do blog Pride Archive. A bandeira não está creditada, mas os significados são os seguintes:

  • Faixa branca: gênero neutro, não identificado, ou em processo de questionamento
  • Faixa verde: gênero não-binário
  • Faixa preta: agênero ou sem gênero

A palavra neutrois é a mesma em inglês. Porém, a constituição da palavra provavelmente do francês: neutre (neutre) + trois (três, referência a ser um “terceiro gênero”, após os gêneros binários).


Links adicionais:

Pular para a barra de ferramentas