Um espaço de aprendizagem

Mascugênero

Bandeira mascugênero

Uma pessoa mascugênero (alternativamente: mascgênero) possui um gênero masculino, no sentido de masculinidade. Não é, porém, o gênero masculino binário, e não é necessariamente relacionado a ele.

Mascugênero pode ser uma alternativa para butch, dependendo de qual é a percepção de butch da pessoa. Butch é também uma palavra utilizada para denotar expressão de gênero, independentemente do gênero em si: uma pessoa pode ser uma mulher butch, uma pessoa gênero-fluido butch, ume maverique butch, um homem butch, etc.

É claro, não há problema nenhum em adotar butch como seu gênero; com a exceção das pessoas que acreditam que apenas lésbicas podem utilizar a palavra. O que não faz sentido, porque, historicamente, pessoas queer/LGBTQIAP+ de vários gêneros e orientações utilizaram butch para descrever sua expressão de gênero.

Butch já foi descrita muitas vezes como uma palavra para uma masculinidade diferente, subversiva. Algumas pessoas acreditam que só pessoas designadas como mulheres ao nascer podem ser butch, mas isso não é uma regra, além de ter conotações cissexistas.

A comparação é feita aqui porque mascugênero é claramente o equivalente masculino de femigênero, que é obviamente um gênero baseado no equivalente feminino de butch, femme. Porém, não sabemos de muitas informações a respeito da criação do termo, e é possível que a intenção não tivesse nada a ver com um equivalente de butch que se refere a gênero de forma mais óbvia.

Tanto mascgender (mascgênero) quanto mascugender (mascugênero) aparentam ter surgido em 2015, o que é curioso, já que femigênero começa a aparecer em 2014.

A bandeira mascugênero é composta de sete faixas horizontais, sendo que a do meio é maior do que as outras, que possuem o mesmo tamanho. As cores das faixas são, respectivamente, laranja pastel, verde água clara, verde água, verde água escura, verde água, verde água clara e laranja pastel.

Ela é claramente inspirada na bandeira femigênero, então é possível que tenha os mesmos significados: vários tons de verde, para significar masculinidade sem significar gênero masculino; e bordas de uma cor que não referencia o binário, para simbolizar não-binariedade.


Links adicionais:

Pular para a barra de ferramentas