sobre conteúdo problemático e identidades em geral

Início Fóruns Site Orientando.org sobre conteúdo problemático e identidades em geral

Este tópico contém respostas, possui 2 vozes e foi atualizado pela última vez por  Mimi 8 meses, 3 semanas atrás.

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)
  • Autor
    Posts
  • #2321 Quote

    Mimi
    • -/ély/y
    • i/éli/i

    Participante

    existem identidades consideradas problemáticas pelo orientando?

    orientando apoia pessoas poliamorosas e com fetiches na comunidade LGBTQIA+?

    m i m i
    (não há aprendizado sem dor.)

    #2353 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Mestre

    Eu diria que, sim, existem identidades problemáticas.

    Qualquer orientação que se baseia em características que não são gênero ou relações (não sei colocar isso de forma mais clara/melhor) tende a ser problemática.

    Por exemplo:

    XXsexual/XYsexual: Identidades cissexistas e diadistas, porque não tem como ver os cromossomos da pessoa;

    Sapiossexual: Identidade capacitista e possivelmente elitista em geral, já que o que vemos como inteligência tem influência de uma sociedade capacitista, racista, imperialista, misógina, etc. Se você simplesmente precisa se dar bem com a pessoa (conseguir conversar sobre assuntos que você gosta, por exemplo), considere demi ou âmicus, e não “atraíde por inteligência”.

    Identidades feitas para trollar, tipo agefluid e clovergender, geralmente são problemáticas.

    Identidades específicas demais não são problemáticas, mas são provavelmente trollagem (“só sentir atração quando é 24 graus numa sexta”, “gênero muda de acordo com a cor da última coisa que comeu”). Existem identidades infinitas por aí, provavelmente vou cobrir outras que pareçam mais utilizáveis/utilizadas primeiro, a não ser que alguém realmente use alguma dessas.

    Eu não vejo muitas pessoas poliamorosas ou de comunidades de fetiches querendo ter um lugar na comunidade LGBTQIAPN+, embora com certeza pessoas desta comunidade são em sua maioria LGBTQIAPN+, enfrentam discriminação similar e são consideradas um perigo para as normas de gênero e sexo.

    Acho que o mais importante numa comunidade é estabelecer limites não baseados em quais identidades você acha certas ou erradas, parte da comunidade ou não, mas sim em quais identidades você acha que tem base o suficiente para cobrir, em quais focos você quer ter para cumprir seu objetivo.

    Querer ter uma comunidade para pessoas no espectro agênero não é discriminação contra pessoas trans binárias e pessoas cis LGBQA+. Querer ter uma comunidade só para pessoas não-hétero não significa que pessoas hétero não-cis não são válidas. Querer ter uma comunidade só para pessoas queer de cor ou só para pessoas trans, não-binárias e intersexo não é nem discriminação e nem indicação de acharem que todo o resto é opressor.

    Falar sobre orientações, gêneros e questões intersexo é o que é importante para mim. Porém, existem outros lugares onde pessoas fazem bandeiras de orgulho para otherkin, ou para pessoas poliamorosas também.

    O que eu noto é que pessoas (REGsReactionary Exclusionary Gatekeepers (Guardiães do Portão Excludentes e Reacionáries): Em relação à comunidade LGBTQIAP+, são pessoas de dentro da comunidade que querem excluir parte dela, normalmente por motivos de assimilação e/ou preconceito. Existem vários tipos de REGs, mas geralme... lol) tendem a excluir pessoas de certas identidades porque assim fica mais fácil de dizer que as comunidades nunca foram unidas em lugar nenhum, fica mais fácil de dizer que outras identidades não são oprimidas de verdade, fica mais fácil a ideia de não considerarem intersecções entre identidades.

    Por exemplo, comunidades LGBT que não mencionam nem o + geralmente não consideram a existência de pessoas assexuais/arromânticas e de seus respectivos espectros, o que pode ser estressante para pessoas que são lésbicas arromânticas, birromânticas assexuais ou trans e acefluidas.

    Eu não quero que pessoas pratiquem qualquer tipo de discriminação dentro do Orientando, porém é importante que o site cubra várias identidades, especialmente algumas que não conseguem formar suas próprias comunidades separadamente.

    if you are afraid ⁕ come out
    if you are awake ⁕ come out
    COME OUT AND LEVEL UP

    #2367 Quote

    Mimi
    • -/ély/y
    • i/éli/i

    Participante

    hmm… entendo

    é, tem bastante diferença entre dizer que um grupo não é oprimido e não tem nada a ver com a comunidade, e dizer que um grupo simplesmente não é o foco de uma comunidade

    e não adianta simplesmente não ser o foco se a comunidade em geral vai antagonizar certo grupo de propósito

    m i m i
    (não há aprendizado sem dor.)

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.