Termos de apresentação / expressão de gênero

Início Fóruns Comunidade Identidades Termos de apresentação / expressão de gênero

Este tópico contém respostas, possui 2 vozes e foi atualizado pela última vez por  MEME LORD 3 meses, 1 semana atrás.

Visualizando 4 postagens - 1 até 4 (de 4 do total)
  • Autore
    Postagens
  • #3785 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Admin

    Expressão ou apresentação de gênero é relacionada com maneiras de agir, de se vestir, de se portar, entre outras coisas geralmente associadas com gênero (ou até com orientação). Lembre-se de que expressão de gênero não necessariamente aponta o gênero, a linguagem ou a orientação de alguém, mesmo que o termo tenha ficado por associação entre expressões de gênero diversas e comunidade LGBTQIAPN+.

    Algumas vezes, pessoas simplesmente descrevem sua expressão como masculina, feminina ou andrógina.

    Expressões masculinas geralmente são relacionadas com roupas largas, calças, camisas, gravatas, cabelo curto, tom de voz monótono e posições que ocupam bastante espaço, entre outras coisas.

    Expressões femininas geralmente são relacionadas com saias, meias-calças, maquiagem, unhas pintadas, cabelos compridos e bem arrumados, tom de voz expressivo, decotes e roupas justas, entre outras coisas.

    Expressões andróginas idealmente misturariam essas duas coisas, mas muitas vezes o que acontece é que, por terem um corpo lido como “masculino” ou “feminino”, muitas pessoas se utilizam da expressão “oposta” para chegar perto de um ideal de androginia desejado.

    Alguns termos mais específicos sobre expressão são:

    Genderfuck / genderpunk: Alguém que “mistura” sinais de gênero para confundir as pessoas de propósito.

    Transexpressive: Alguém cuja expressão de gênero é fluida. Algumas pessoas acham que o termo é ofensivo porque dá a ideia de que pessoas trans só “mudam de expressão de gênero”, mas este termo deve ser somente utilizado com a permissão da pessoa, e não tem a intenção de ser uma alternativa ou uma substituição para transgênero.

    Urso/Bear: Um homem gay (ou aquileano? Não sei), geralmente grande e peludo, com aparência e vestimenta geralmente considerada bruta e/ou masculina. Há vários termos relacionados à comunidade ursina, e a Wikipédia cita vários deles.

    Twink: Uma pessoa aquileana que geralmente é magra ou musculosa, sem barba, sem outros pelos visíveis e sem sinais de idade (ou seja, é jovem ou aparenta ser jovem).

    Butch: Uma pessoa LGBTQIAPN+ masculina. Porém, é uma terminologia que foi muito mais utilizada em comunidades sáficas ou lésbicas, e isso faz com que muites associem ser butch com ser lésbica ou sáfica.

    Femme: Uma pessoa LGBTQIAPN+ feminina. Porém, é uma terminologia que foi muito mais utilizada em comunidades sáficas ou lésbicas, e isso faz com que muites associem ser femme com ser lésbica ou sáfica.

    Tomcat: Uma mulher bi (possivelmente multi em geral) masculina. Equivalente de butch, só que para quem não quer se meter na discussão sobre mulheres não-lésbicas poderem usar butch ou não.

    Doe: Uma pessoa sáfica feminina. Equivalente a femme, mas para qualquer mulher sáfica.

    Stag: Este termo foi cunhado tanto como um equivalente masculino de doe quanto como o significado de uma pessoa não-binária de expressão masculina.

    Fox (raposa): Uma pessoa não-binária de expressão andrógina, fluida, ou combinada (provavelmente combinada entre masculina e feminina).

    Swan (cisne): Uma pessoa não-binária de expressão feminina.

    Flora: Uma mulher pan feminina.

    Fauna: Uma mulher pan andrógina.

    Mech/mecânica: Uma mulher pan masculina.

    Femcat: Uma pessoa não-binária feminina.

    Neufox: Uma pessoa não-binária neutra, andrógina, e possivelmente fora dos padrões de masculinidade/feminilidade em geral.

    Jackhound: Uma pessoa não-binária masculina.

    Sparrow (pardal) ou Kiwi: Uma pessoa não-binária que não se esforça em sua apresentação. Uma pessoa que usa roupas casuais ou básicas.

    Crow (corvo): Uma pessoa não-binária cuja apresentação não pode ser bem descrita nem como básica e nem como exagerada.

    Peacock (pavão): Uma pessoa não-binária que se esforça bastante em sua apresentação. Uma pessoa que usa roupas dramáticas, glamorosas, que chamam atenção.

    (Estes últimos três termos eram originalmente diamóricos, mas pediram para que fossem abertos para a comunidade não-binária em geral.)

    Pencil / Lápis: Alguém com apresentação simples e básica, e possivelmente neutra. Uma pessoa lápis pode não ligar para opiniões alheias e ser direta.

    Crayon / Giz de cera: Alguém com apresentação colorida, que usa cores fortes e roupas simples. Uma pessoa giz de cera pode ter bastante energia, ser uma pessoa positiva com bastante entusiasmo, ver humor em tudo e ser meio criança.

    Letterpress / Impressão tipográfica (tipografia?): Alguém com apresentação vintage, relativamente formal e com classe. Uma pessoa desse tipo pode ser sofisticada, conceituada, e tentar parecer que está de boa com a vida.

    Needlefelting / Costura com feltro (feltro?): Alguém que usa roupas macias e confortáveis, e possivelmente bonitinhas. Uma pessoa feltro pode ser boazinha, distraída e afetuosa.

    Rubber Stamp / Carimbo: Alguém cuja apresentação não chama muita atenção, mas que também inclui toques pessoais. Pode ser alguém que não gosta de chamar a atenção de outras pessoas.

    India Ink / Nanquim: Um estilo não tão formal, mas que não chega a ser casual. Predominam as cores branca, cinza e preta. Pode ser uma pessoa sem muitas noções de moda, e que não se preocupa muito com isso.

    Watercolor Pencil / Lápis aquarelado: Estilo confortável e expressivo, colorido mas centralizado em cores claras. As roupas são feitas de material leve.

    Spray Paint / Tinta de Spray: Roupas inspiradas em grunge ou punk, mas com toques de estilo e dedicação que mostram que a pessoa liga para as aparências e quer se mostrar.

    Washi Tape: Linhas limpas e ordem. Roupas podem ser pastéis ou fofinhas, mas não necessariamente: o que importa é uma necessidade de ordem e controle. Roupa geralmente minimalista, com tons calmos e frios. A pessoa quer ter sua vida limpa e bem organizada.

    Sobre esses termos artísticos, eles não são exclusivos de nenhum grupo, e podem ser combinados. Uma pessoa pode ser lápis e giz de cera, ou nanquim e washi tape.

    Vermil: Uma pessoa não-binária que se apresenta de forma tradicionalmente masculina.

    Cerul: Uma pessoa não-binária que se apresenta de forma tradicionalmente feminina.

    Pewt: Uma pessoa não-binária que se apresenta de forma andrógina.

    Cinnab: Uma pessoa não-binária que se apresenta de forma entre masculina e andrógina.

    Fuchs: Uma pessoa não-binária que se apresenta de forma masculina e feminina, mas não necessariamente andrógina.

    Laven: Uma pessoa não-binária que se apresenta de forma entre feminina e andrógina.

    Indig: Uma pessoa não-binária que se apresenta usando uma combinação de qualidades masculinas, femininas e andróginas. É um termo principalmente para quem não pensa que os termos anteriores servem muito bem.

    Virid: Uma pessoa não-binária que rejeita classificações binárias e classificações entre os dois polos binários, em relação a apresentação. É um termo que pode ser usado por qualquer pessoa que não sente que as descrições anteriores se encaixam a si.

    Aviso: estes últimos 8 termos foram cunhados por alguém que não acredita que discriminação anti-assexual existe. Estou avisando para o caso de você querer evitar termos criados por esse tipo de gente.

    Eu também já vi alguém falando sobre uma apresentação autista, que seria uma pessoa autista que usa roupas confortáveis porque não aguenta roupas coladas ou que são chatas de botar/tirar, e que não está a fim de se encaixar em algum padrão relacionado a gênero. Acredito que isso seria similar a lápis e a pardal, lol.

    Observação: vários desses termos foram cunhados com pessoas binárias em mente, mas podem ser utilizados por pessoas não-binárias que consideram que suas experiências combinam com tal gênero (e que se encaixam com a orientação pedida).

    Alguns termos que geralmente são categorizados como gêneros, mas que são relacionados com apresentação são:

    Amigênero: Um gênero que a pessoa sente alguma conexão ou amor por. A pessoa pode se apresentar como aquele gênero por gostar dele, mesmo não sendo de tal gênero.

    Gênero-livre: Uma identidade ambígua e definitivamente queer. A pessoa vai procurar se expressar sem ligar para associações de gênero ligadas com sua apresentação, mas pode também variá-la de acordo com disforia ou vontade. Pode envolver exploração de diferentes aspectos da mesma identidade.

    Luagênero: Um gênero que pode mudar em aparência mas que sempre está lá. Essa aparência pode se referir à expressão de gênero.

    Ostefluide: Quando a expressão de gênero muda, o gênero é experienciado de forma diferente, ainda que seja o mesmo gênero independentemente da apresentação.

    Parougênero: Alguém cujo gênero é fortemente relacionado com a maneira de se apresentar. Pode ser combinado com gêneros relevantes.

    Você se identifica com algum ou com alguns desses termos?

    Você se interessa em um campo no perfil do Orientando para expressão de gênero?

    Eu sou bastante letterpress, isso quando não sou nanquim.

    Não sei se chego a ser pavão, mas pelo menos como corvo eu passo. Talvez entre ambos? D:

    Virid é um termo legal.

    you are stronger than you were this morning
    even if it does not feel this way
    and you will become stronger still
    strong enough to walk on your own

    0
    • Este tópico foi modificado 2 meses, 2 semanas atrás por  Tath.
    #3788 Quote

    MEME LORD
    • o/ele/o
    • o/êlu/u

    Participante

    Swan (cisne): Uma pessoa não-binária de expressão masculina.

    Não seria feminina? ‘-‘

    Eu sinto falta de termos mais gerais. Eu me considero soft masc, mas não quero usar butch pela associação com mulheres, e nem termos ligados só com pessoas não-binárias. Minha orientação também não é popular para que tenham termos exclusivos nossos.

    Softboy conta como expressão, né? Eu não usaria porque tem conotações femininas demais pra mim, e o termo foi arruinado por discourse, mas é um que não tá aí.

    Termos artísticos: nanquim + giz + carimbo, acho.

    0
    #3791 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Admin

    Sim. whooops

    Também sinto falta de termos mais gerais. Especialmente quando cada vez mais gente aprende que orientações e gêneros possuem diversidade enorme, não vejo motivo de criar termos super específicos quando ainda há lacunas no vocabulário para termos mais gerais.

    Eu acho que softboy conta, mas não sei bem como definir. Até onde sei, são homens femininos e expressivos que geralmente são gordos e aquileanos, e que geralmente são trans, não?

    you are stronger than you were this morning
    even if it does not feel this way
    and you will become stronger still
    strong enough to walk on your own

    0
    #3852 Quote

    MEME LORD
    • o/ele/o
    • o/êlu/u

    Participante

    Eu até pegaria uma definição pra você, mas pesquisei e só achei definições negativas.

    0
Visualizando 4 postagens - 1 até 4 (de 4 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.