Exercício: Troque a linguagem!

Início Fóruns Comunidade Socialização Exercício: Troque a linguagem!

Este tópico contém respostas, possui 2 vozes e foi atualizado pela última vez por  MEME LORD 2 anos, 7 meses atrás.

Visualizando 5 postagens - 1 até 5 (de 5 do total)
  • Autore
    Postagens
  • #577 Quote

    Aster

      Admin

      Como muita gente não tem experiência em lidar com sets de linguagem alheios a a/ela/a e o/ele/o, a ideia aqui é pegar essas frases e passá-las para outros sets.

      Caso você não saiba com que tipo de linguagem se referir… não existe nenhum padrão de pronome em português. Você pode usar x/elx/x, -/elx/x, e/elu/e, -/elu/e, -/el’/’, -/el’/e…

      (Você também pode sempre utilizar “uma pessoa”, “aquela pessoa”, “algumas pessoas”, etc. para linguagem neutra, já que pessoa sempre utliza a/ela/a. Mas não utilize a/ela/a sem mencionar a palavra pessoa no lugar de linguagem neutra.)

      A desvantagem do x é que não é legível por programas de leitura de tela, e que as pessoas acabam tentando transferir algo como todxs para “todos e todas” na leitura oral ao invés de “tods”, que seria a leitura mais adequada.

      Porém, dependendo do set que você utilizar, você pode acabar fazendo algo meio difícil de entender no contexto, ou até mesmo difícil de ler.

      Minha dica pra transferir algo para qualquer tipo de linguagem é transferir primeiro de o/ele/o para a/ela/a (ou vice-versa), notar as partes que mudaram, e daí substituir para outro set. Por exemplo:

      [o/ele/o] O Gabriel deu vários autógrafos ontem. Ele é um ótimo escritor.

      [a/ela/a] A Gabriel deu vários autógrafos ontem. Ela é uma ótima escritora.

      [ne/êlu/e] Ne Gabriel deu vários autógrafos ontem. Êlu é ume ótime escritore.

      Ok, aqui estão os exercícios!

      Nível fácil:

      Conteúdo oculto:
      Transferir para x/elx/x:
      [o/ele/o] O Marcel é um pintor. Ele vende os trabalhos dele lá no Centro.

      Transferir para e/ele/e:
      [a/ela/a] A Kara é agênero, e continua sendo mesmo que ela goste de usar vestidos.

      Transferir para -/êlu/u:
      [x/elx/x] X Araci é só estudante ainda, mas elx vai ser umx ótimx doutorx!

      Nível intermediário:

      Conteúdo oculto:
      Transferir para ed/eld/e:
      [o/ele/o] O Luca é meu melhor amigo. Ele é bigênero e arromântico.

      Transferir para a/ele/u:
      [a/ela/a] A minha amiga sabe de muita coisa sobre isso. Ela já chegou a fazer uma tese.

      Transferir para linguagem rotativa:
      [a/ela/a] A Pam é gênero-fluido. Por isso que ela quer que se refiram a ela com um set de linguagem diferente de tempos em tempos. A linguagem dela já foi de vários jeitos diferentes.

      Nível difícil:

      Conteúdo oculto:
      Transferir para qualquer linguagem neutra de sua preferência:

      O andrógine que esteve aqui hoje foi muito informativo. O nome dele é Lumi. Ele preparou sua apresentação por meses.

      Os estudantes lutaram muito pelo que temos hoje na universidade. Principalmente os ativistas pelos direitos das minorias. Nós precisamos ficar unidos para manter nossas conquistas. Qualquer aluno ou aluna merece desfrutar do que temos hoje.

      Alguém pegou meu celular. Esse cara precisa ser detido, tenho muita informação confidencial da organização lá dentro. O malandro nem tem ideia do que tem nas mãos.

      Algumas dicas gramaticais:
      ga/go -> gue/gui (já que ge/gi têm som de je/ji)
      ca/co -> que/qui (já que ce/ci têm som de se/si)
      Caso o final de palavra seja u, ou alguma consoante, isso não acontece. (Amigo -> amigu, fanática -> fanátics)
      Isso não é obrigatório, só algo para ter em mente caso você queira manter o som original.

      Respostas: http://pastebin.com/yxxXifKv

      0
      • Este tópico foi modificado 2 anos, 11 meses atrás por  Aster.
      #582 Quote

      Aster

        Admin

        Mais frases:

        Preencher com ni/éli/i:
        Amei a arte! S__ personagem é lind_! Mal posso esperar para ver o que ___ vai fazer na fanfic! Qual vai ser a habilidade d___?

        Preencher com y/yn/y:
        _ Pietry tá na tua casa? __ faz uma massa deliciosa, vê se __ faz pra ti!

        Preencher com ey/gy/y:
        __ Anne é demifluid_, não? __ deveria entender o suficiente pra não te encher o saco

        Preencher com e/ell/e:
        _ Marcs iria amar esse tópico, ___ faz um monte dessas montagens aí. As edições d___ são mais profissionais tho, já que ___ trabalha como editor_.

        Passar para linguagem rotativa, sem o/a/x/ele/ela/elx/o/a/x:
        Tem aquelx artista dos bolos, não? Acho que elx possui comissões abertas. Adoro o trabalho delx! Se você não sabe quem é elx, eu passo o nick pra você depois. O nick delx têm muitos números. x_o

        Passar para linguagem sem artigo/pronome nenhum (-/-/-):
        A Lari também gosta dessa banda. Ela tem um monte de pôsteres no quarto dela, e sempre é a primeira a compartilhar no Facebook que vai ter show.

        Passar para qualquer conjunto de linguagem não associada ao gênero masculino ou feminino:
        O Deimi fez um texto, chamando todos os alunos e todas as alunas a denunciar casos de agressão nas salas de aula. Esse assunto é bem pessoal pra ele, já que ele foi hospitalizado por terem o empurrado escada abaixo.

        Mais dicas:

        Paroxítonas terminadas em a(s), e(s), o(s) ou em(ns), como “dado” ou “amarga”, não possuem acento. Porém, paroxítonas terminadas em qualquer outro conjunto de letras, inclusive i(s), u(s), ei(s), ão(s) ou qualquer ditongo crescente, como “órgão” ou “ri” possuem acento. É por isso que está certo escrever (d)ele ou (d)ela, enquanto se escreve (d)êlu ou (d)éli, caso formos seguir normas gramaticais.

        Existem várias possibilidades para formas “neutras” de ateu/ateia, meu/minha, seu/sua, ator/atriz; não existe o certo, então o melhor é perguntar por sugestões ou tentar se virar na hora.

        Respostas: http://pastebin.com/y6XFuAaD

        0
        • Esta resposta foi modificada 2 anos, 11 meses atrás por  Aster.
        #1551 Quote

        MEME LORD
        • o/ele/o
        • o/êlu/u

        Participante

        Paroxítonas terminadas em a(s), e(s), o(s) ou em(ns), como “dado” ou “amarga”, não possuem acento. Porém, paroxítonas terminadas em qualquer outro conjunto de letras, inclusive i(s), u(s), ei(s), ão(s) ou qualquer ditongo crescente, como “órgão” ou “júri” possuem acento. É por isso que está certo escrever (d)ele ou (d)ela, enquanto se escreve (d)êlu ou (d)éli, caso formos seguir normas gramaticais.

        Isso significa que todo mundo que usa elu sem acento quer que seja pronunciado e-lú? Isso é tão contra-intuitivo! X_____________X

        0
        #1556 Quote

        Aster

          Admin

          Eu não tenho certeza, sinceramente. :s

          Talvez não se importem com a pronúncia mesmo. Idk. Teria que ver com alguém que usa elu mesmo.

          Você usa como êlu ou élu?

          0
          #1623 Quote

          MEME LORD
          • o/ele/o
          • o/êlu/u

          Participante

          Êlu. Vou até trocar! xP

          0
        Visualizando 5 postagens - 1 até 5 (de 5 do total)

        O fórum ‘Socialização’ está fechado para novos tópicos e respostas.