Arromanticidade

Início Fóruns Comunidade Identidades Arromanticidade

Este tópico contém resposta, possui 2 vozes e foi atualizado pela última vez por  Aster 3 semanas, 3 dias atrás.

Visualizando 2 postagens - 1 até 2 (de 2 do total)
  • Autore
    Postagens
  • #4595 Quote

    Estranheza

      Participante

      (Bem, essa é a primeira vez que estou num fórum, então não sei muito bem como funciona as coisas aqui kkkk)

      Nunca fui uma pessoa ligada em amor “romântico” e paixão. Eu me identifiquei como aroflux por um tempo, por acreditar que eu sinto paixão, mas agora percebo que essa paixão que eu acreditava sentir parecia mais uma atração platônica/sexual/sensual.
      Me considero do espectro arromantico, mas desejo ter relacionamento com um garoto que conheci, não sinto especificamente um relacionamento não amoroso ou amoroso, as vezes eu prefiro um, as vezes prefiro outro, mas ultimamente pra mim tanto faz tanto fez.

      Eu poderia ser considerada alloromantica?
      Vejo muitos arromanticos que não desejam relacionamento romântico; já eu, não me importo.

      Eu defino paixão/amor romântico(nao sei muito bem a diferença, portanto, me corrijam se estiver errada. Eu sou muito nova nesses termos) como uma necessidade de se aproximar, a pessoa fica cega por outra (de focar somente nas qualidades), dependente emocional (pelo menos, foi o que um amigo alloromantico me disse)
      Da penúltima vez que achei que estava apaixonada, não ligava de ter algo romântico, sentia muito desejo de me aproximar, de ter o contato sexual/sensual da coisa. Quando vi que tal pessoa não era boa pra mim, me afastei, mas ainda sim havia a enorme vontade de ter tocar ela.

      Eu poderia me considerar arromantica/aroflux mesmo disposta a ter relacionamento, mesmo que seja amoroso(ultimamente venho querendo um namoro, mas acho que é mais pela experiência, e experimentar algum sentimento ou reação nova)

      Desculpa por algum erro de termo ou português e espero que não tenha ofendido nenhum alloromantico ou alguém do espectro arromantico.

      0
      #4596 Quote

      Aster
      • ed/eld/e
      • -/éli/e

      Admin

      Então, a vontade de se aproximar não é necessariamente algo romântico. Nem a dependência emocional. Acho que só cada pessoa pode dizer se sente atração romântica ou não, já que é algo muito subjetivo. Até você fala que algo que achou que fosse paixão pudesse estar mais para outro(s) tipo(s) de atração.

      Pessoalmente, vendo seu relato, não parece ser algo de uma pessoa alorromântica. Nunca vi pessoas alorromânticas confusas sobre atração romântica ou dependendo de relatos alheios.

      Mas a trajetória de cada pessoa é única, e, se você acha que se encaixa como uma pessoa alorromântica, não vou dizer que isso tá errado.

      Agora:

      – É possível querer/ter relacionamentos próximos que não são românticos (acredito que você já saiba disso);
      – É possível querer/ter relacionamentos românticos sem sentir atração romântica.

      Como? Bem, é possível querer a conveniência de um relacionamento romântico, ou querer fazer coisas tradicionalmente vistas como coisas de casal romântico sem sentir atração romântica.

      De qualquer forma, tenho uns rótulos a sugerir. Não estou dizendo que você precise se encaixar em um deles, e nem que você provavelmente se encaixa em algum deles: o objetivo aqui é te informar sobre identidades que existem, e assim, quem sabe, te ajudar na busca por sua identidade.

      Vexe-/Vex-: Alguém cuja orientação é a-espectral, mas dizer além disso é impossível porque a pessoa não entende o conceito daquele tipo de atração.

      Cupio: Alguém que não sente atração, mas que deseja relações relacionadas ao tipo de atração que a pessoa não sente.

      Gris/Gray/Gray-A: Alguém cuja atração é fraca, rara ou vaga.

      Ari: Uma orientação para quem não consegue articular como ou por quem sente algum tipo de atração.

      Quoi: Alguém que sente que o conceito de atração é sem sentido ou não aplicável para si mesme.

      Cas-/Cass-: Alguém que não liga para sua orientação, porque não quer saber dela e/ou sente que ela não é uma parte importante de sua identidade.

      Aroslide: Alguém cuja vontade de ter um relacionamento romântico muda de intensidade, em quaisquer níveis entre repulsa, “tanto faz” e vontade forte de ter relacionamento romântico. Independe da orientação romântica da pessoa: alguém pode ser aroslide e arofluxo, aroslide e grisromântique, aroslide e panromântique, etc.

      0
    Visualizando 2 postagens - 1 até 2 (de 2 do total)

    Você deve fazer login para responder a este tópico.