Um espaço de aprendizagem

Conheça suas bandeiras

bandeiras

Às vezes, alguém vê uma imagem cheia de bandeiras de orgulho, e, sem conhecer a maior parte dos significados – até porque a maioria só conhece a bandeira gay, e talvez a bi e/ou a trans – coloca a imagem em algum lugar em celebração da causa LGBTQIAP+.

Porém, muitas vezes, existem bandeiras de fetiches entre as bandeiras de orgulho LGBTQIAP+. E, por mais que não se deve julgar alguém pelo seu fetiche, um fetiche não é uma orientação, um gênero, ou uma condição intersexo. Pessoas com fetiches podem ser queer, e podem ser oprimidas de formas similares, mas geralmente não estão inclusas como parte integral da comunidade LGBTQIAP+.

Também é bom lembrar que existem bandeiras para muitas orientações e gêneros, desde ceterossexual até aropulso até poligênero-flux até nanonãobinárie. Então, sim, existem bandeiras obscuras, e conhecer as mostradas aqui (e mais outras comuns, como genderqueer, demissexual e polissexual, além das versões alternativas das bandeiras arromântica e intersexo) não é o suficiente para julgar se uma bandeira é “realmente LGBT+”. Mas é bom ao menos conhecer as bandeiras mais comuns de fetiches, orientações e gêneros, para ter uma noção básica.

As comunidades LGBT+ e de fetiches são praticamente vizinhas e possuem uma grande intersecção entre si, mas, especialmente em tempos mais atuais, é comum que as comunidades sejam consideradas completamente separadas. Não é justo incluir bandeiras de fetiche entre outras bandeiras da comunidade, se você não vai fazer esforços posteriores para incluir pessoas com fetiches como vai fazer esforços para acomodar o resto da comunidade.

Conheça suas bandeiras, e fique ligade!

4 Comments

Cassandra says:

A primeir bandeira lésbica não é uma bandeira de fetiche? A com o machado.


Aster says:

O machado é um símbolo de resistência feminista e lésbica dos anos 70, e o triângulo é um símbolo que remete à classificação das pessoas presas em campos de concentração. Também não achei nada relacionado a ser uma bandeira de fetiche. Você tem alguma fonte de onde diz que é uma bandeira de fetiche?


Cassandra says:

Foi só porque achei a bandeira da esquerda mais próxima dos padrões da direita mesmo.


kau says:

Já vi usarem assim como a bandeira do orgulho bear (urses), como símbolos de virilidade.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Pular para a barra de ferramentas