Um espaço de aprendizagem

Assexual/Arromântique/etc.

Bandeira Assexual

Bandeira assexual

Pessoas assexuais são pessoas que não sentem atração sexual por nenhum gênero. Algumas pessoas assexuais não sentem atração sexual por ninguém, enquanto outras sentem atração sexual certas vezes, e/ou em certas circunstâncias.

O termo assexual se popularizou no início dos anos 2000, mas há pessoas que se lembram do termo ter sido utilizado nos anos 80 e 90.

Enquanto pessoas assexuais que sentem alguma atração sexual ainda possam se dizer assexuais, existe todo um espectro assexual para cobrir as necessidades de quem não se sente confortável se identificando como assexual sentindo alguma atração. Por exemplo, pessoas grayssexuais sentem atração sexual por algumas pessoas aleatórias, e pessoas acepulso possuem “picos” de atração sexual, onde sentem atração como pessoas não-assexuais.

Outras orientações do espectro assexual indicam que a pessoa pode não sentir nenhuma atração sexual, mas ainda não quer se identificar como assexual por se sentir diferente da maioria das pessoas que se identificam como assexuais, assim utilizando outros rótulos. Por exemplo, pessoas cupiossexuais querem ter relações sexuais, mesmo sem sentir atração, e pessoas caedossexuais são pessoas que são assexuais por causa de algum trauma.

As cores da bandeira assexual possuem os seguintes significados:

  • Preto: Assexualidade
  • Cinza: Espectro assexual
  • Branco: Simpatizantes não-assexuais
  • Roxo: Comunidade
Bandeira arromântica

Bandeira arromântica

Pessoas arromânticas são pessoas que não sentem atração romântica por nenhum gênero. Algumas pessoas arromânticas não sentem atração romântica por ninguém, enquanto outras se apaixonam só de vez em quando.

Originalmente, o termo era apenas para definir pessoas assexuais que também não possuíam atração romântica. Com o tempo, porém, a comunidade arromântica foi se separando da comunidade assexual. Pessoas de qualquer orientação sexual podem ser arromânticas.

Assim como existe um espectro assexual, existe um espectro arromântico. E, nele, existem tanto pessoas grayrromânticas e aropulso quanto cupiorromânticas e caedorromânticas, além de muitas outras orientações. As definições são as mesmas do espectro assexual, é só substituir “atração sexual” por “atração romântica”.

Existem várias bandeiras arromânticas. Outras comumente utilizadas, além da que está aqui, são esta e esta.

Os significados das cores da bandeira arromântica que está nesta página são:

  • Verde: Contrário de rosa, cor associada ao romance. Simboliza pessoas arromânticas;
  • Verde claro: Espectro arromântico
  • Branco: Relações platônicas e sua importância
  • Cinza e preto: Pessoas arromânticas assexuais e não-assexuais
Bandeira Aplatônica

Bandeira aplatônica

Uma pessoa que se identifica como aplatônica pode estar se referindo a:

  1. Não ter vontade de ter relacionamentos queerplatônicos, também descritos como quasiplatônicos: relacionamentos populares na comunidade arromântica, por envolverem comprometimento e intimidade, sem envolver romance, e muitas vezes sem envolver sexo;
  2. Não ter capacidade ou vontade de formar ou de continuar amizades.

Pessoas que não querem que os dois significados se confundam podem utilizar aqueerplatônique ou aquasiplatônique para descrever alguém que não sente atração queerplatônica ou quasiplatônica, que se refere à vontade de formar relacionamentos queerplatônicos ou quasiplatônicos com alguém.

Ao lado, temos uma das bandeiras aplatônicas. As primeiras três cores são o inverso de amarelo, marrom e rosa, que são cores que representam amizade. Já a faixa creme representa pessoas aplatônicas que não são nem assexuais e nem arromânticas, e que também não estão dentro destes espectros.

Além de pessoas assexuais, arromânticas, aplatônicas e aqueerplatônicas, existem pessoas assensuais, analternativas e outras. Qualquer espécie de atração que se aplica aos espectros assexuais ou arromânticos também pode se aplicar para orientações sensuais, platônicas, alternativas, etc.

O prefixo a- é o mesmo do inglês. (Asexual, aromantic, aplatonic, analterous, etc.)

Pessoas que estão fora de algum espectro que denota falta de atração são chamadas de allo, alo ou zed; por exemplo, uma pessoa que experiencia atração sexual a um ou mais gêneros sem precisar de condições especiais para isso pode ser chamada de alossexual, ou de zedsexual.

Isso não significa que pessoas alo ou zed estejam sempre em relacionamentos, apaixonadas, excitadas, ou fazendo sexo. Só significa que não possuem experiências similares às experiências que pessoas do espectro assexual, arromântico, aplatônico, ou outros, compartilham entre seu próprio espectro.


Links adicionais:

Pular para a barra de ferramentas