Sugestões de blogs?

Início Fóruns Comunidade Identidades Sugestões de blogs?

Este tópico contém respostas, possui 5 vozes e foi atualizado pela última vez por  Tath 4 semanas, 1 dia atrás.

Visualizando 7 posts - 1 até 7 (de 7 do total)
  • Autor
    Posts
  • #2605 Quote

    Ari
    • -/[r]/[r]
    • -/-/'

    Participante

    Existe algum blog/grupo inclusivo LGBTQ+ brasileiro ou em português? Que leva em consideração identidades mais incomuns, e opressões normalmente deixadas de lado?

    Fora Orientando, é claro.

    Postem suas sugestões, por favor!

    #2622 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Mestre

    Totalmente inclusivo? Depende muito de seus padrões, porque sabe como é, aqui as coisas são precárias e diferentes da anglosfera.

    Mas posso passar alguns que vão além do básico:

    Conteúdo oculto por conter linguagem ultrapassada, discriminação em geral (nada pesado)
    .

    http://umgarotoalternativo.blogspot.com.br/
    Esbarrei neste noutro dia.

    + Sabe que pessoas não-binárias existem
    + Fala de assuntos pertinentes (integracionismo gay, cis/heteronormatividade, isolamento entre grupos ativistas, perda de significado das paradas LGBT+)

    – Utiliza a definição de bi = dois
    – Utiliza diversos termos que me deixam desconfortável mas que são usados amplamente no Brasil, como transsexual, cissexual, LGBTs e palavras de sufixo fobia
    – Possui um conhecimento super precário (e muitas vezes errôneo) sobre identidades não-binárias
    – É incoerente com a linguagem neutra: às vezes usa x e às vezes o
    – Utiliza ocidente/oriente e terceiro gênero, e fala como se grande parte do “oriente” tivesse gênero(s) que não é(são) homem e nem mulher que é(são) socialmente aceito(s)
    – Já falou que drag kings são obrigatoriamente mulheres e que drag queens são obrigatoriamente homens
    – Usa binarismo pra falar de exorsexismo

    http://assexualidades.blogspot.com.br/
    Ok eu sei que esse é bem old e nada atualizado, mas era um blog que ainda postava enquanto eu era adolescente. Era um dos únicos recursos assexuais que existiam em português na época.

    + É uma boa compilação de como a identidade assexual apareceu na mídia durante aqueles anos
    + É bem descritivo, pode tirar algumas dúvidas

    – Favorece “assexuais de estrela dourada”: pessoas assexuais que nunca sentem atração e que não gostam de sexo
    – Utiliza sexual ao invés de allosexual/alossexual/zedsexual para pessoas não-assexuais
    – Coloca ser assexual como algo fora da comunidade LGBT+
    – Pela própria natureza do conteúdo, existem indagações que podem ser consideradas invasivas/discriminatórias, além de linguagem não inclusiva e possivelmente discriminatória/desatualizada em alguns casos

    https://www.youtube.com/channel/UCnQvEAzKAnc5lz0h6qwPL-w
    (sim, eu conto canais do YT como esse como blogs)

    Vou dizer que não vi tantos vídeos assim, mas que o conteúdo é similar ao blog Um Garoto Alternativo. Existem vídeos sobre assuntos pertinentes, mas que ocasionalmente utilizam linguagem como -fobia e LGBTs.

    Aqui, porém, tem vários vídeos sobre racismo e inclusividade, até porque o Murilo é tanto negro quanto nordestino e gay. Pautas feministas e trans também aparecem ocasionalmente.

    https://www.youtube.com/channel/UC47GUM0t46jgJlLH0kv_zMA/featured

    Cup não é gay nem hétero – não lembro se ele já falou sobre sua orientação de forma mais explícita do que isso – mas possui diversos vídeos sobre a comunidade LGBT+. Inclusive há alguns vídeos sobre assexualidade, mas pelo menos em um deles definem assexualidade como “não gostar de sexo”

    Há um vídeo sobre linguagem neutra, que fala de alguns pronomes, mas Cup diz que não sabe se realmente existe alguém que usa neopronomes no Brasil e pronuncia elu como êlu.

    https://www.youtube.com/channel/UCqu3u6ODlieZq0rCOzwN7XQ

    Já falei sobre Hugo Nasck, e parei de falar por ter visto um vídeo onde descreve um guri que se descrevia como bi como hétero. Proceda com cautela, I guess.

    Tem outres youtubers que posso low-key recomendar, mas acho que Cup e Muro Pequeno são os mais inclusivos que vi até agora.

    if you are afraid ⁕ come out
    if you are awake ⁕ come out
    COME OUT AND LEVEL UP

    #2632 Quote

    Mimi
    • -/ély/y
    • i/éli/i

    Participante

    eu gostava bastante do feminismo trans, mas ele tá inativo

    m i m i
    (não há aprendizado sem dor.)

    #2652 Quote

    MEME LORD
    • o/ele/o
    • o/êlu/u

    Participante

    Eu sei que tem bastante youtuber LGBTQIAP+ daqui. Já vi homens trans, pessoas não-binárias, pessoas assexuais, homens gays, mulheres lésbicas, mulheres trans, mulheres bi, pessoas intersexo…

    Ainda falta bastante, e não tenho ninguém em especial pra recomendar, mas vale a pena só pesquisar e ver de quem você gosta!

    THIS IS THE FUTURE LIBERALS WANT

    • Esta resposta foi modificada 5 meses, 1 semana atrás por  MEME LORD.
    #3499 Quote

    Mimi
    • -/ély/y
    • i/éli/i

    Participante

    ~~~ upando ~~~

    isso porque dei uma pesquisada maior em tumblrs brasileiros. aqui o que achei:

    http://quiltbpag-any.tumblr.com
    dá umas cagadas de vez em quando, e é de uma portuguesa então a escrita pode parecer estranha às vezes, mas em geral é um blog muito bom

    https://visibilidadeintersexo.tumblr.com
    sobre questões intersexo especificamente. também usa linguagem meio iffy às vezes, mas no geral usa termos como ‘atribuíde x ao nascimento’ e não fala de gênero como se fosse binário

    http://rexistencianaobinaria.tumblr.com
    ótimos recursos, nem todos os links são 100% inclusivos mas centralizam experiências não-binárias no tumblr em si anyways

    m i m i
    (não há aprendizado sem dor.)

    #3502 Quote

    Vitor Rubião
    • o/ele/o

    Participante

    Esse blog aqui está começando a ter atividade mais constante: http://assexualidadebrasil.blogspot.com.br/.

    Vou recomendar uns canais de YT:

    – Canal das Bee: costumam compará-lo com o Põe na Roda, embora um seja de militância e o outro nunca assumiu essa posição. Falam de muitos assuntos pertinentes e abordam bem a diversidade. Os vídeos às vezes ficam longos demais, mas acho um ótimo canal.

    Link: https://www.youtube.com/user/CanalDasBee

    – Sensualise Moi: é um canal feito por um casal de bissexuais – um homem e uma mulher. É um canal mais… picante. Estou postando aqui para quem curte rs. Só avisando: podem acabar usando linguagem discriminatória – cisnormativa, em especial.

    Link: https://www.youtube.com/user/sensualisemoiTV

    – Cavalos-Marinhos: uma dupla de homens trans que abordam sobre a transgeneridade – principalmente transmasculinidade. E como comentário pessoal, o nome do canal é uma sacada muito foda.

    Link: https://www.youtube.com/channel/UCvzq0gMa96qxMpkxWXYVVRA

    – Lorena Olaf Furter: ela é uma pessoa não-binária que aborda a diversidade de maneira geral.

    Link: https://www.youtube.com/user/lolobozoburrinho

    – Dionne Freitas: uma jovem trans que nasceu intersexo. Ela aborda sobre esses dois mundos e também sobre sexualidade. Até onde pude perceber, é a única pessoa intersexo no YouTube nacional.

    Link: https://www.youtube.com/channel/UCxEMVT5B_umeTx3LXqp0b_Q

    – Eu Leio LGBT: para leitories, tem esse canal feito por um rapaz gay. Ele fala mais sobre literatura LGBT(+), às vezes fala sobre filmes.

    Link: https://www.youtube.com/channel/UC6REGlGpMR_P4ym6A2vw09w

    Por hoje é só.

    🌈 R U B I Ã O 🌈

    #3515 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Mestre

    ok eu não estou com tempo para checar todos esses por conteúdo desconfortável mas acho importante falar sobre quem eu já conheço

    – Dionne Freitas: uma jovem trans que nasceu intersexo. Ela aborda sobre esses dois mundos e também sobre sexualidade. Até onde pude perceber, é a única pessoa intersexo no YouTube nacional.

    Dionne é uma ativista intersexo famosa, e eu entendo que existem poucas vozes intersexo e que o trabalho dela é importante (aliás acho que aquele Tumblr intersexo que Mimi falou é moderado por ela, só que lá são mais notícias), mas quase toda vez que me deparo com conteúdo dela ela mostra uma grande insensibilidade com pessoas não-cis que não se identificam como ela. Isso inclui:

    Conteúdo oculto por conter cissexismo, exorsexismo, binarismo
    .

    – Falar de “sexo biológico” x “gênero psicossocial”. Ok, ela é intersexo e tem todo o direito de dizer que o corpo dela é intersexo ao invés de dizer que é feminino (como o gênero dela), mas essa é uma retórica que é frequentemente utilizada para excluir ou maldenominar pessoas não-cis, porque afinal elas possuem certo “sexo biológico imutável”.

    – Dizer que a luta por ter uma identificação separada para pessoas intersexo ao nascer na certidão de nascimento não tem nada a ver com pessoas trans, agindo como se pessoa trans nenhuma pudesse se beneficiar da possibilidade de trocar o gênero em seus documentos para algo além de masculino e feminino, aparentemente pessoas não-binárias precisam se contentar com seu ~sexo biológico~ ¯\_(ツ)_/¯

    (E sim, eu entendo que o propósito da comunidade intersexo com uma identificação diferente de M/F na documentação é importante e separado da identificação de gênero dessas pessoas intersexo, mas pessoas não-binárias possuem muito motivo para querer uma identificação separada também, e é uma grande insensibilidade com qualquer pessoa trans dizer que a identificação do gênero no documento é ~completamente irrelevante~ por ~só ter a ver com sexo biológico~.)

    – Usar termos como “terceiro gênero”, inclusive se refere a gêneros exclusivos a certas culturas de “terceiros gêneros”, e usa “terceiro gênero social” pra se referir à uma categoria além de masculina/feminina nos documentos.

    É basicamente isso, só que o problema é que muitas vezes as menções a esses conceitos não são simplesmente uma coisa vaga aqui e ali, e sim formam boa parte das falas dela. Então mesmo que algo seja uma explicação sobre direitos que pessoas intersexo devessem ter temos que ficar ouvindo sobre como pessoas trans “não possuem aparência de acordo com sua mente”, mesmo que seja uma explicação sobre o que é intersexo temos que ler/ouvir que pessoas trans “possuem gênero psicossocial diferente do sexo biológico”, mesmo que o assunto seja uma pauta de ativistas intersexo temos que ouvir repetidamente que “pessoas trans não se beneficiariam de um terceiro gênero social” ou w/e.

    Eu sei que são em inglês e que portanto são off-topic (Mimi já postou alguns blogs intersexo que são mais amigáveis a pessoas não-cis lá em cima), mas caso tenha interesse em conteúdo intersexo que vá além de “o que é intersexo”, que é feito por pessoas trans/NB e que não tenha retórica binarista e truscumTransmedicalistas, truscum ou transmeds são, na teoria, pessoas trans que acreditam que só é possível ser trans caso a pessoa sinta disforia de gênero. Na prática, são um grupo assimilacionista que odeia qualquer tipo de pessoa trans ou não-binária "ruim": não apenas pessoas sem disfori..., por favor faça um favor para si mesme e vá ler o que tem nos seguintes blogs:

    http://intersex-ionality.tumblr.com (blog sobre vários assuntos LGBTQIAPN+, não é específico de questões intersexo mas também não é um blog pessoal ou que vai ter muita coisa além de ativismo)

    https://allois-transy.tumblr.com (blog pessoal afaik, então pode ter bastante coisa além de questões intersexo, mas a maioria das postagens é sobre questões LGBTQIAPN+)

    http://intersex-education.tumblr.com (blog exclusivo de questões intersexo)

    https://butts-bouncing-on-the-beltway.tumblr.com/ (blog pessoal, não fala tanto de questões intersexo, contém várias histórias de vida relacionadas a sexo e fetiches então aqui está o aviso, mas não sei se chega a ser 18+)

    http://intersex-ionality.tumblr.com/post/153357420854/intersex-blog-recs essa lista tem alguns links quebrados (theangrybi mudou de url trocentas vezes embora tenho quase certeza que ele não deletou), mas eu confio nela

    EDIT: theangrybi agora é bimonsters; eu também gosto bastante dos textos dele.

    if you are afraid ⁕ come out
    if you are awake ⁕ come out
    COME OUT AND LEVEL UP

    • Esta resposta foi modificada 3 semanas, 4 dias atrás por  Tath.
Visualizando 7 posts - 1 até 7 (de 7 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.