Invés de LGBTfobia o que usar? Dialocishet- ou diállocisheterossexismo?

Início Fóruns Comunidade Opressões Invés de LGBTfobia o que usar? Dialocishet- ou diállocisheterossexismo?

Este tópico contém respostas, possui 3 vozes e foi atualizado pela última vez por  Loren 2 semanas, 5 dias atrás.

Visualizando 6 postagens - 1 até 6 (de 6 do total)
  • Autore
    Postagens
  • #3691 Quote

    Loren
    • u/ily/-
    • a/il/e

    Participante

    Muitos ativistas intersexos tentam parar de usar o termo diádico pois diz reforçar o binarismo, perisex/perissexo não usam mais (acho que confundiam com periorientade), agora endosex/endossexo, porém lembra endosexual, que seria “feminista” não-intersec (terfistas) ou fetichista por gordes (endomorphic).
    Vi que usam também um termo na botânica como unisexual para plantas hermafroditas e bissexuais, porém existe uniatração (por uma pessoa só) e unisex/unissex, tornando tudo mais confusx ainda.
    Ainda acho OK falar diadismo e diadicidade.

    Quanto ao zed/zsexismo invés de alossexismo acho legal, mas alo foi bem reapropriado por aspecs (pessoas de espectro a-), mas se forem ver alossexual já significou tanto LGB quanto hts historicamente falando.

    Exorismo / exorsexismo estariam incluídos com o di- (de dues) como um binarismo de sexo (tanto biológico quanto psicossocial), mas ainda acho enby/nbfobia válide e preferível.

    0
    #3692 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Admin

    Peri é um prefixo utilizado como “em volta de” ou “ao redor de”, e periorientade é um palavra SUPER pouco conhecida, então duvido muito que o uso mínimo de perissexo se dê a isso. A questão é que muita gente não sabe da alternativa, ou não vê necessidade dela.

    Até onde sei, endossexo seria uma alternativa ruim porque significa “por dentro”, ou seja, significaria “essência”, e portanto possui a conotação de “normalidade”. (x)

    O problema com diádique é quando essa denominação é aplicada a pessoas; mesmo pessoas que não apoiam o uso de diádique não se importam com diadismo e palavras relacionadas.

    O caso de uni é parecido com o de peri. É um prefixo. Vai estar em várias palavras. E, de acordo com o contexto, dá pra ver se estão falando de “unissex” (uma palavra que mal vejo em contextos de identidade btw), de biologia, ou de uma orientação.

    Alo foi bem apropriado sim, mas ainda tem gente que reclama que estamos “patologizando pessoas fora do espectro assexual”, ainda que “allosexual” nunca tenha significado nada além de “alguém que sente atração sexual por outres”. Então, enfim, que haja uma alternativa para quem esteja procurando uma.

    Não entendi sua colocação sobre exorsexismo; é uma palavra diferente de diadismo porque questões não-binárias nem sempre são as mesmas de pessoas intersexo. E cissexismo já cobre exorsexismo, assim como heterossexismo já cobre alossexismo, por isso os prefixos não estão ali.

    Sim, existem pessoas a-specEspectro A (ou qualquer variante parecida) é o espectro composto de pessoas que se identificam de maneira que denota algum nível de ausência de atração. Inclui pessoas assexuais, arromânticas, aplatônicas, grayssexuais, arofluxo, demialternativas, clapessensuais, entre outras. hétero, mas elas não vão ser vistas como 100% hétero por uma sociedade heterossexual heterorromântica.

    if you are afraid ⁕ come out
    if you are awake ⁕ come out
    COME OUT AND LEVEL UP

    0
    #3698 Quote

    Mimi
    • -/ély/y
    • i/éli/i

    Participante

    se pararam de usar perissexo é porque vergess saiu do Tumblr lmao

    e mesmo pessoas (intersexo) que não usam diádique usam diadismo (1, 2)

    mas sex e orientade são sufixos totalmente diferentes? e botânica e orientações são assuntos completamente diferentes?

    unissex é uma palavra horrível, se é pra alguma palavra sumir que seja essa

    entendo sex e sexual, mas sex e morphic tá esticando demais

    agora pessoas polirromânticas não podem existir porque poliamor existe? pessoas transgênero não podem existir porque existe transgênico? pessoas bigênero não podem existir porque existem bissexuais? ah é, pode esquecer de todos os sufixos de orientações, porque as pessoas vão confundir tudo…

    Exorismo / exorsexismo estariam incluídos com o di- (de dues) como um binarismo de sexo (tanto biológico quanto psicossocial), mas ainda acho enby/nbfobia válide e preferível.

    isso está dizendo que uma palavra criada especificamente para a opressão de pessoas NB, para que ninguém reclamasse que estamos apropriando alguma coisa, deveria ser colocada dentro de outra que fala de um eixo de opressão diferente, como se pessoas não-binárias perissexo já não fossem xingadas por ‘apropriar o conceito de intersexo’ o suficiente?

    ou está dizendo que uma palavra que significa ‘a sociedade vê gênero como uma operação XOR, só é válido se a pessoa for homem sem ser mulher ou mulher sem ser homem, não pode ser os dois ou nenhum deles ou outra coisa’ está reforçando o binário de gênero???

    also, sua escolha válida e preferível é capacitista (1, 2, 3) e excludente (1, 2)

    me desculpe se isso pareceu agressivo demais, mas sua postagem soa como ‘uhhh os termos que vocês usam são ruins porque (insira motivo fraco aqui) então vocês deveriam usar (termos que possuem problemas)’, num formato de imposição… se sua intenção era começar uma discussão, não foi a melhor maneira, imho

    m i m i
    (não há aprendizado sem dor.)

    0
    • Esta resposta foi modificada 1 mês atrás por  Mimi.
    #3707 Quote

    Loren
    • u/ily/-
    • a/il/e

    Participante

    Acontece que se eu for falar endossexualidade, vão tratar como endossexual, e nesse glossário trata como não-inter*. E se uma hora eu falar endossexo, vou ter que usar sufixo dade.

    Achei que -peri- se aplicaria melhor como cisperiht ou pericisht, evitaria dyadic zedsexual zsensual zromantic cisgender binary cissex mono-heterosexual. Pois já envolveria ht de hétero, perioriented perissexo e cis de cisgênere cissexo.

    Tenho défice de atenção, ignore a mistura de exorismo com diadismo. Como gosto de gerir informações só as jogo na mesa para levantar discussões.

    Outra que ao diferenciar -ismo e -fobia sempre rolam muitas confusões, assim como costumam tratar cissexismo como “preconceito não-velado”, e transmisoginia como uma violência maior, mas transfobia sempre englobam tudo isso e sempre mais usada.

    0
    #3712 Quote

    Tath
    • ed/eld/e
    • -/éli/e

    Admin

    Acontece que se eu for falar endossexualidade, vão tratar como endossexual, e nesse glossário trata como não-inter*. E se uma hora eu falar endossexo, vou ter que usar sufixo dade.

    Ok, verdade.

    Quanto ao resto:

    Tem gente que usa pericishet² para incluir pessoas heterossexuais e heterorromânticas. Além disso eu acho muito difícil a necessidade de incluir, porque uma pessoa heterossexual e heterorromântica não entraria em relacionamentos queerplatônicos, alternativos/alterous ou sensuais por quem não sentem atração sexual. São conceitos que já acontecem tão pouco em relacionamentos queer fora do espectro assexual e arromântico, então são praticamente inacessíveis à sociedade hétero.

    Eu gosto da ideia de usar peri para simbolizar periorientade, mas acho melhor que seja criado um termo separado para “pessoa hétero periorientada alo” do que juntar com o conceito de perissexo.

    Talvez a alternativa melhor seja um equivalente a COGAP (Centered Orientations, Gender Alignments and Perisex), ainda que a terminologia “alinhamento de gênero” tenha sido totalmente corrompida nos últimos anos. Só se fizéssemos algo como PIGVOC (Perisexo, Identidades de Gênero Validadas e Orientações Centralizadas), que seria o oposto de IIGCOM (Intersexo, Identidades de Gênero Contestadas e Orientações Marginalizadas).

    Acho até que dá pra trocar a ordem pra IGCIOM pra ficar mais legível, mas deixando a sigla para pessoas não-LGBTQIAPN+ equivalente faz com que ela não fique tão pronunciável (IGVPOC).

    Só que aí seria uma mais uma sigla/terminologia pro povo reclamar.

    E eu sei que tem gente que se considera “parcialmente hétero” ou “parcialmente cis” por suas identidades, mas poxa, quando estamos falando de pessoas heteropericis estamos falando de pessoas 100% contempladas pelo modo que a sociedade é estruturada em relação a “quais gêneros existem”, “quais são os corpos certos para cada gênero” e “quais atrações esses gêneros devem ter”. Não estamos falando de pessoas variorientadas e/ou que possuem pouca atração/atração fraca. Não estamos falando de pessoas que se identificam com seu gênero designado só pelo medo do que pode acontecer se decidirem não assumir esse gênero. Não estamos falando de pessoas que às vezes são do seu gênero designado, ou que são em parte seu gênero designado.

    if you are afraid ⁕ come out
    if you are awake ⁕ come out
    COME OUT AND LEVEL UP

    0
    #3726 Quote

    Loren
    • u/ily/-
    • a/il/e

    Participante

    Bom quando iniciei o tópico falei sobre dialocisheterossexismo invés de LGBTfobia. Nesse cisperiheterossexismo incluiria cissexismo (transfobia, exorismo/binarismo incluído), perissexismo (diadismo/intersexfobia), varifobia (alossexismo/perismo), e heterossexismo (monossexismo incluído).

    Não tenho certeza se este perisexism incluíria varifobia, mas como este -sexismo lembra mais -sexo e -sexualidade, fica pro perissexo. E era meio que por isso achei meio estranha o pericisht. Porém, alo/zed periorientade ao meu ver incluíria aloqueerplatonic e alossensual/alossensorial. Lógico que também pariorientade ht poderia englobar heteroflexiveis, então ficaria necessário colocar alo. cisperialohet?!

    Não achei legal falar “gêneros válidados”, dá a entender que outros não são, eu diria apenas gêneros incontestados talvez. Mas como isso é um grande neologismo, estes tão pouco se importando.

    Tudo isso meio que surge por causa dos exclusionistas, que insistem em usar cishet aces/aros. Sendo que irritam cishet nbs, cishet intersexs, etc.

    0
Visualizando 6 postagens - 1 até 6 (de 6 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.